Serviços médicos

Remoção de papilomas

Os papilomas são neoplasias benignas na superfície da pele que ocorrem devido ao vírus do papiloma humano. Externamente, essas formações são semelhantes às moles, no entanto, diferem, em primeiro lugar, pela natureza da origem e, em segundo lugar, pela sua forma. Os papilomas são sempre convexos, elevam-se acima da pele de uma pessoa com pernas peculiares. Este vírus é transmitido pelo método de contato - através de microfissuras e feridas na pele, sexualmente, no útero da mãe para o feto. Os papilomas podem se formar naqueles locais na pele onde freqüentemente ocorre fricção (por exemplo, com roupas), em dobras, uma causa comum de sua ocorrência são alterações hormonais (gravidez, menopausa), períodos de imunidade reduzida (após banho de sol, doença, etc.).

Externamente, os papilomas podem ser muito pequenos ou ultrapassar alguns centímetros de tamanho, são de cor branca ou marrom. Ocorrem em qualquer lugar, mas mais frequentemente são encontrados nas nádegas, no rosto, nas axilas, nos genitais ou no pescoço.

O papilomavírus está constantemente no sangue de uma pessoa e não pode ser eliminado ou tratado. Em alguns dos casos acima, pode ser ativado, o que levará ao surgimento de novas formações. E, embora sua natureza seja não-oncogênica, quando ocorre um papiloma, muitas vezes os ramos das filhas começam a crescer em torno dele, por isso, na maioria das vezes, essas neoplasias precisam ser removidas.

Razões para remover papilomas

Essas lesões de pele não são dolorosas, mas os especialistas recomendam removê-las. A razão para tais recomendações é o dano freqüente aos papilomas durante a vida (roupas, por exemplo), que leva ao aparecimento de uma ferida através da qual muitos microorganismos penetram no corpo, levando a várias conseqüências desagradáveis ​​- desde cicatrizes durante o período de cicatrização até inflamação dos linfonodos (linfadenite).

Ao romper o papiloma, é absolutamente necessário tratá-lo com peróxido de hidrogênio, cobrir com um curativo esterilizado de gaze e entrar em contato com uma clínica para remover resíduos. A remoção também é recomendada porque alguns tipos de papilomavírus humano podem degenerar o tumor em um tumor maligno. Isso raramente acontece, no entanto, acontece.

Portanto, em cada caso de neoplasia, o tipo de vírus que provocou deve ser determinado. Depois de passar nos testes, o médico limpa a pele e prescreve o tratamento imunomodulador.

Clínicas modernas oferecem muitos métodos para remover esses tumores de forma indolor e rápida. Como já mencionado, é impossível eliminar completamente o vírus do papiloma humano do sangue, mas é possível reduzir sua atividade com medicamentos. Para isso, os imunologistas prescrevem a terapia medicamentosa para aumentar a imunidade.

Métodos de Remoção e Tratamento com Laser

No total, na medicina moderna, existem 4 maneiras principais de remover tais neoplasmas. Estes incluem:

  • método cirúrgico, que envolve o corte de papilomas com um bisturi comum;
  • o método do laser, que apresenta muitas vantagens em relação à cirurgia convencional, pois com a ajuda de um laser, uma neoplasia pode ser removida a qualquer profundidade sem cicatrizes e sangue;
  • o método de diatermocoagulação, que envolve a atual queima de neoplasias na superfície da pele;
  • técnica de crioterapia que elimina a formação utilizando nitrogênio líquido ou ácido carbônico.

Cada paciente pode escolher o método de remoção do papiloma de forma independente, no entanto, na medicina moderna, a excisão ao usar um laser é cada vez mais utilizada. O feixe de laser é altamente preciso e afeta o neoplasma sem ultrapassar seus limites reais e sem ferir a pele saudável vizinha.

Além disso, durante o processo de remoção, o laser também é capaz de desinfetar a ferida em paralelo, o que reduz o risco de infecção. Com a remoção a laser de papilomas, a ferida cicatriza muito rapidamente. Após a remoção, não há cicatrizes na pele, a ferida é coberta com a pele seca, que desaparece em poucos dias, e após um mês, a cor da pele sob o papiloma anterior coincide completamente com a cor da pele ao redor.

Papilomas crioterapia

A crioterapia ou criodestruição de neoplasias implica sua destruição por congelamento com nitrogênio líquido. Com numerosos papilomas grandes, recomenda-se usar este método particular.

Especialistas aplicam uma ponta de metal ao neoplasma e, em um segundo, congela com nitrogênio líquido.

Em torno deste local há vermelhidão da pele, ao longo de uma semana a pele rejeita a parte morta congelada, e a ferida está completamente curada e cicatriza.

O paciente não sente dor durante a crioterapia. Talvez apenas uma ligeira sensação de frio durante a operação. Cicatrizes após nitrogênio líquido também não permanecem, a ocorrência de doenças infecciosas também é excluída.

Técnicas caseiras e folclóricas

Às vezes as pessoas não querem visitar o hospital e tentar remover os papilomas por conta própria em casa. Esta não é a melhor maneira de se livrar das neoplasias, especialmente se o papiloma está localizado na área genital, na face ou no pescoço.

Mas existem métodos caseiros para remover papilomas:

  • lapis lápis;
  • celandine;
  • solução de permanganato de potássio;
  • ervas e plantas.

Usando um lápis lapis contendo nitrato de prata, você pode cauterizar a formação e a ferida por baixo. Recomenda-se aplicar esta ferramenta pontualmente e diariamente durante um mês. Dos aspectos negativos do método de remoção de formações com um lápis, especialistas destacam que é capaz de causar queimaduras e cicatrizes na pele.

O segundo remédio caseiro para a remoção de papilomas é suco de celandine ou pó. Suas principais propriedades são os efeitos antimicrobianos e antivirais no local do tratamento.

Se você derramar suco de celandine diariamente para uma neoplasia, então em uma semana é completamente queimado. O lado negativo deste procedimento também é um alto risco de queimaduras.

O último método eficaz de remoção em casa é o uso de solução de permanganato de potássio como loções na área afetada. A principal desvantagem deste método é a duração do processo - desde o início dos procedimentos até o completo desaparecimento do papiloma, mais de um mês pode passar.

Papillomas remédios populares são removidos com a ajuda de várias plantas em que as propriedades antivirais são detectados. Decocções ou mingau são preparados a partir de plantas, que são posteriormente aplicados à lesão. Essas plantas incluem:

  • alho
  • rábano;
  • absinto.

O papiloma pode reduzir os remédios populares, no entanto, o papilomavírus humano permanecerá ativo e, para eliminá-lo, serão necessárias drogas imunoestimulantes, que só podem ser prescritas por um médico.

Os curandeiros sugerem esfregar as formações de alho várias vezes durante o dia até que elas próprias desapareçam.

O segundo remédio contra tal vírus é considerado o uso interno de mingau, consistindo de proporções iguais de rábano ralado e mel. Tomando duas vezes por dia para 1 colher de sopa de tal remédio, o paciente deve perder todos os papillomas em um mês.

O cuidado deve usar esta técnica se houver problemas com o trato gastrointestinal, já que o rábano afeta muito agressivamente suas membranas mucosas.

Também pode ser usado para eliminar neoplasmas e loções de absinto. Eles são recomendados para serem aplicados no local do tratamento 2-3 vezes ao dia por 2-3 semanas.

Os médicos recomendam que todos os procedimentos para remoção de tumores em casa sejam realizados com muito cuidado, pois é mais fácil danificar a pele delicada e fina do que restaurá-la mais tarde.

Em áreas onde a pele precisa de cuidados cuidadosos, os especialistas não recomendam atuar de forma independente, mas convidam você a procurar ajuda médica.

Loading...